sexta-feira, 19 de novembro de 2010

postheadericon Planitude

Nasceu pequeno e chato. Realmente plano, um ser em 2D. Sua mãe, uma cartunista de profissão e lambe-lambe por hobby e prazer, sentiu-se realizada ao receber das mãos do médico aquela imagem viva que era seu filho. O apogeu de uma carreira!

Logo cedo estampou capas de revistas, nas mais variadas posições, menos em perfil, pois aí simplesmente desaparecia...

Cresceu, tornou-se ator e no cinema brilhou. Se a vida fora das telas era, em alguns momentos, constrangedora em sua estranheza 3D, as telas planas, de puro algodão, o deixavam extremamente confortável. Um mundo seu.

Um dia conheceu uma jovem atriz. Encantou-se com ela. Amaram-se em CinemaScope e Dolby Stereo, para delírio da platéia.

Depois de meses de tórrido amor, romperam barreiras e juntos fugiram para um espelho qualquer, um desfalque de elenco até hoje comentado pelos críticos.

Segundo algumas revistas de fofoca estão felizes lá do outro lado, onde já possuem uma pequena coleção de criancinhas em 3x4.

1 comentários:

glória disse...

Isso é muito bom -

"e juntos fugiram para um espelho qualquer, um desfalque de elenco até hoje comentado pelos críticos".

abraço

sobre

Minha foto
@David_Nobrega
Mataram a bio... Jamais morreu
Visualizar meu perfil completo

tags

seguidores