sábado, 21 de agosto de 2010

postheadericon janelas

Janelas tidas como sujas
Cinzas e opacas
Filtram a luz vinda do Guaíba
Iluminam minha alma
Iluminam minha vida
Iluminam o sorriso
Dessa menina
Que comigo caminha

Um passeio pelas marges tortuosas
Um olhar ao por-do-sol
E essa menina tão linda
Que comigo caminha pelo Guaíba
É uma janela na minha alma
Por onde se filtram
Luzes cálidas
Multifacetadas
Coloridas

A que distância estão
As janelas
Os olhos
Que por elas me espreitam
Por decisão as localizo
Perto de meu coração
Dentro de meu peito
Que comigo caminha
Me dando a mão.
________________________________
Um caminhar de mãos dadas, em uma tarde qualquer de 2008. Porto Alegre ali, no Gasômetro, deu nisso

0 comentários:

sobre

Minha foto
@David_Nobrega
Mataram a bio... Jamais morreu
Visualizar meu perfil completo

tags

seguidores